11/04/2022 às 09h49min - Atualizada em 11/04/2022 às 09h49min

Profor Construtora e Incorporadora se destaca no mercado imobiliário da região

Objetivo é colocar Itapema na rota dos arranha-céus, assim como a vizinha Balneário Camboriú

Agência A
Alex Ferrer
A família que comanda a Profor Construtora: Eduardo Formento, João Formento, e Camilla Formento
.

O ano era 2000 e a visão empreendedora do tijucano, João Formento, ex-gerente da extinta Telesc, trazia para Itapema uma nova forma de edificar na construção civil. Em sociedade com seu filho, Eduardo Machado Formento, nascia a Profor Construtora e Incorporadora, que hoje atua também em Porto Belo e estuda a expansão para outras cidades no litoral da região.

A escolha por Itapema, não foi por acaso. A cidade é uma das que mais cresceu nos últimos anos em valorização imobiliária e qualidade de vida, e hoje, junto a outras cidades catarinenses é destaque nacional entre os metros quadrados mais caros do país, ocupando o quarto lugar, com valor de R$ 8.856 por m². O município só perde para São Paulo, Rio de Janeiro e Balneário Camboriú.
Mais do que apenas construir prédios, o objetivo dos proprietários, pai, filho, e mais recentemente a chegada da filha Camilla aos negócios, era fazer a diferença através da eficiência em suas obras e na realização de sonhos. A empresa familiar, que mudou de Curitibanos pro litoral é comandada por João Formento, Diretor Administrativo, e os filhos Eduardo Formento, Diretor Comercial e formado em Direito e Camilla Formento, Diretora Financeira e farmacêutica.

Após 22 anos de atuação os números impressionam. A Profor já entregou 17 empreendimentos, sendo 22 torres, que totalizam 132 mil m² de área construída.  Em construção estão outros 90 mil m² e a expectativa para 2023 são mais 85 mil m². Só para os próximos 3 lançamentos da construtora é estimado um VGV (Valor Geral de Vendas) de aproximadamente R$1,5bi, valor que pode aumentar, devido a outros negócios em andamento que irá somar a este valor.

Para manter números como estes um requisito foi fundamental: o prazo de entrega. “Todas as nossas obras são entregues bem antes do prazo”, pontua o porta-voz da construtora, Eduardo Formento. Para ele a qualidade comprovada do alto padrão nos empreendimentos, aliado às condições e prazos diferenciados fazem da Profor uma empresa respeitada e requisitada na hora de escolher um imóvel.
“A pandemia trouxe uma nova realidade para a vida das pessoas, abrindo suas mentes e visões para o que realmente importa, principalmente com relação a família. Isso influenciou nas escolhas dos imóveis, e mais do que nunca a procura aumentou por qualidade de vida, melhores estruturas de lazer e conforto, para aproveitar os momentos com as pessoas próximas”, disse Eduardo.

Trabalhando apenas com imóveis de alto padrão, a Profor Construtora se consolidou como uma empresa sólida, responsável, segura e de extrema qualidade. E os planos são tão grandiosos quanto sua história. Já para 2022 dois novos empreendimentos serão lançados e um deles, após aprovação estará entre os cinco maiores edifícios do Brasil, competindo com os arranha-céus da vizinha Balneário Camboriú.

Para 2023 mais um grande lançamento está previsto e será referência no sul do Brasil. “A longo prazo temos já estimado 10 anos de obras com a atual demanda de construção e novos lançamentos”, acrescentou Eduardo.

Com investidores do Brasil inteiro, principalmente do Paraná, São Paulo e Rio Grande do Sul, Eduardo Formento explica que o perfil do comprador hoje é outro. “Antes eram adquiridos para moradia, hoje é investimento. “Como Itapema vem se destacando mês após mês, sendo hoje a cidade mais valorizada de Santa Catarina, isso traz grande segurança para os investidores, pois sabem que o retorno financeiro é garantido”, disse.

E as expectativas para este mercado são animadoras. Tanto o imobiliário, quanto da construção civil foram dois segmentos que conseguiram continuar em alta mesmo durante a pior fase da pandemia do Covid-19. Para se ter uma ideia, de acordo com a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), em 2020 as vendas de unidades residenciais novas cresceram 9,8% no Brasil. Agora, em 2022, as previsões são de crescimento entre 5% e 10% diante de uma alta de 3% do PIB.

Eduardo Formento corrobora com os dados e diz que o Brasil vive um momento de ascensão e a tendência é elevar os níveis de crescimento.

Bom para os negócios, para os investidores e para a economia!
 
Saiba mais em: https://www.proforconstrutora.com.br/
Link
Jeferson Batista Sobczack

Jeferson Batista Sobczack

Diga Francamente!

Leia Também »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp