10/05/2020 às 19h56min - Atualizada em 10/05/2020 às 19h56min

300 MIL ENCONTRADO EM CASA DE VEREADOR DO RJ - SUSPEITO EM FRAUDE DE RESPIRADORES EM SC

Davi Perini Vermelho, de São João de Meriti, é suspeito de participar de fraude na compra de respiradores pelo governo de Santa Catarina

Revista Veja
Na noite de Domingo, 10 de maio a revista VEJA publicou reportagem que menciona ações da Polícia Civil em busca de envolvidos e bens de suspeitos em Fraude na compra de 200 respiradores realizado pelo Governo do Estado de Santa Catarina - Governador Carlos Moisés (PSL).



Em razão desse caso, a Polícia deflagrou a (OPERAÇÃO OXIGÊNIO 0²) que tem evoluido em constante segredo. Na medida que as fases são desempenhadas e concretizadas as informações estão sendo divulgadas.

Informações da Revista em acesso a material da ocorrência no RJ:

"A Polícia Civil do Rio de Janeiro apreendeu 300 mil reais em um imóvel de propriedade do vereador Davi Perini Vermelho, o Didê (DEM), de 40 anos, presidente da Câmara de São João de Meriti, na Baixada Fluminense. A ação faz parte da Operação Oxigênio (O2), deflagrada no último sábado em quatro estados para combater fraudes na compra de respiradores pelo governo de Santa Catarina.

Os aparelhos eram para tratamento de pacientes com o novo coronavírus. Segundo o Registro de Ocorrência que VEJA teve acesso, o dinheiro estava na “residência e/ou empresa” do parlamentar, em Vargem Grande, Zona Oeste da capital.

No Rio, a Operação Oxigênio foi realizada pelo Departamento de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro, da Polícia Civil, que atuou em parceria com as polícias de Santa Catarina, São Paulo e do Mato Grosso.

De acordo com as investigações, a quadrilha é acusada de superfaturar 200 respiradores em um total de R$ 33 milhões.  A ação visava cumprir 35 mandados de busca e apreensão e diversos sequestros de bens contra os suspeitos. O caso está sob sigilo.

 


 

Procurado por VEJA, o vereador Didê, suspeito de participar do esquema criminoso, não retornou as ligações até o fechamento desta reportagem. O imóvel do parlamentar fica na Avenida Vereador Alceu de Carvalho, conforme o procedimento policial número 257-00060/2020.  Os policiais também apreenderam no local máscaras N-95, máscaras de oxigênio, laptops e peças para respiradores.

Em fevereiro deste ano, o vereador Didê registrou, na Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), ameaça de traficantes. Segundo o parlamentar, o motivo foi por atuar contra o tráfico de drogas e apoiar a retirada de barricadas em São João de Meriti. À polícia, Didê disse que sofrera outra ameaça em 2014. À época, a casa onde o parlamentar morava com a família foi alvejada a tiros por homens fortemente armados."

Até o momento, 2 secretários do governo Moisés (PSL) já pediram exoneração: O da Casa Civíl: Douglas Borba e o da Saúde: Helton de Souza Zeferino.



Richard Bronze 
ADVOGADO - OAB/SC 43.911 -
ATUANTE NO MUNICÍPIO DE ITAPEMA/SC, 
GRADUADO PELA UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ (UNIVALI - BAL. CAMBORIÚ)

Link
Richard Bronze

Richard Bronze

Advogado diante das leis dos homens, e pregador do evangelho do Maior Advogado do Mundo!

Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp