21/03/2019 às 17h47min - Atualizada em 21/03/2019 às 17h47min

​Sobre prisões, presidentes e cleptocracia

A prisão preventiva de Temer e do sogro do Rodrigo Maia, Moreira Franco, expedida pelo grande juiz Marcelo Bretas na operação Descontaminação (braço da Lava Jato) derruba mais uma vez a narrativa da extrema-esquerda sobre a seletividade da Operação Lava Jato. 

Temer atrasa a modernização dos portos, mantém cartórios vitalícios lá dentro, encarecendo os custos e travando a produtividade. Moreira Franco brecou a construção de novo aeroporto privado em SP. Tudo graças a muita propina. São corrupções com relação custo-benefício desproporcionais ao país. Um sem vergonha desses embolsa 10 milhões e causa prejuízos de bilhões em cadeia. 

Claro que os eleitores de Dilma e Lula não tem muito o que comemorar, afinal de contas, apesar de “golpista”, o MDB foi base do PT por muitos anos, participou das principais coligações na última eleição e era seu vice-presidente. De fato a Lava Jato é um patrimônio nacional, uma ferramenta da depuração da política brasileira. Este é só mais um motivo para irmos as ruas no dia 07/04 contra o GOLPE DO STF na Lava Jato.

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp