14/03/2023 às 11h32min - Atualizada em 15/03/2023 às 00h04min

Exportação: indústrias de biscoitos, massas alimentícias, pães & bolos industrializados alcançam USD 273,3 milhões em 2022

Juntas, as categorias somaram 165,8 mil toneladas em volume de produtos vendidos ao exterior 

SALA DA NOTÍCIA Eduarda Silva

As categorias contempladas pela Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (ABIMAPI) alcançaram o número de USD 273,3 milhões nas exportações em 2022, faturamento recorde já registrado no setor.  No total, houve 11% de crescimento em valor, quando comparado com o mesmo período (janeiro a dezembro) de 2021 (USD 245,5 milhões).  Entre os principais destinos, que somam 80% do mercado internacional da cesta ABIMAPI, estão: Venezuela, Estados Unidos, Paraguai, Uruguai, Argentina e Angola.

De acordo com Rodrigo Iglesias, Diretor Internacional da ABIMAPI, o desempenho é consequência de fatores como a influência do câmbio, já que o trigo é dolarizado, e principal matéria-prima dos alimentos do setor, ou seja, depende do mercado externo, além do trabalho desenvolvido pelo projeto setorial ABIMAPI Internationalmantido em parceria com a ApexBrasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos).

“Participamos das principais feiras de alimentos do mundo; nos últimos 8 anos o setor realizou Missões Empresariais para diversos países latinos antes da pandemia: Argentina, Chile, Colômbia, Peru, Panamá, México e Costa Rica. Assim, com os eventos e encontros de negócios proporcionados, ainda observamos resultados diretos nas exportações”, explica Rodrigo.

Já em volume, houve uma retração de 18%, somando 165,8 mil toneladas de produtos vendidos ao exterior em 2022, no ano anterior o setor havia alcançado 201 mil toneladas em volume de vendas. “2021 foi um ano atípico, passamos por obstáculos advindos da pandemia. A dificuldade de encontrar contêineres para atender os clientes estrangeiros impôs altos valores de frete internacional e uma altíssima demanda por alimentos mais acessíveis, com maior praticidade e tempo de validade para o consumo dentro do lar”, ressalta Rodrigo.

Para 2023, a associação espera um crescimento mais equilibrado nas exportações, na ordem de 10% em faturamento 15% em volume, especialmente porque há mercados que tiveram demanda abrupta em decorrência da pandemia e voltaram à normalidade. 

 

DESEMPENHO POR CATEGORIA

 

Biscoitos 

A categoria de Biscoitos movimentou 53% do total em valor do setor com USD 145 milhões, superando pela primeira vez o limiar de 70 mil toneladas de exportações atingindo 73,2 mil tons. Os alimentos apresentaram crescimento de 26% em valor e 6% em volume nas exportações em 2022 frente a 2021. 

Entre os principais destinos, os Estados Unidos se destacaram no comércio de wafers brasileiros totalizando compras de USD 12,5 milhões e 4,8 mil tons. Os wafers também se sobressaíram nas exportações para Argentina e México na América Latina – ambos países compraram mais de USD 8 milhões e 2 mil toneladas.

Para Rodrigo Iglesias, os biscoitos são importantes balizadores das vendas internacionais do setor, pois estão entre os itens historicamente mais exportados e distribuídos pelo mundo.

 

Massas Alimentícias 

A categoria de Massas Alimentícias atingiu USD 20,8 milhões em vendas internacionais, o que representa 18% de crescimento frente a 2021.

Entre os tipos que se destacaram estão as massas com ovos, que totalizaram USD 3,3 milhões e 28% de crescimento em valor.  As massas instantâneas também continuam em fase de expansão no mercado externo desde o início da pandemia. O segmento superou, pela primeira vez, tanto a margem de USD 10 milhões em faturamento, quanto de 4 mil toneladas em volume. 

“As massas instantâneas brasileiras estão fazendo sucesso particularmente na Colômbia, onde o item atingiu mais de mil toneladas comercializadas em 2022”, afirma Rodrigo.

 

Pães & Bolos Industrializados 

A categoria representa 48% do total em volume das exportações do setor com cerca de 80 mil toneladas em volume e USD 107,4 milhões em faturamento.

Os panetones somaram 6 mil toneladas e USD 21,8 milhões em exportações, um crescimento de 6% em valor em 2022. As torradas voltaram a crescer, o alimento atingiu cerca de 2 mil toneladas pela primeira vez (12% de incremento frente a 2021). Em valor, as torradas somaram USD 4,3 milhões e 25% de crescimento em comparação com o ano anterior. 

Rodrigo destaca os Estados Unidos como os principais compradores dos panetones e torradas. “Os bons resultados nos EUA, por exemplo, justificam os investimentos feitos pelo setor – em parceria com a ApexBrasil – na participação em feiras dedicadas a marcas próprias no país desde 2017”, ressalta ele.

Os pães de forma se consolidaram como um importante alimento nas exportações do setor mediante os avanços em tecnologias para ampliação da vida útil desses alimentos. A categoria somou USD 6 milhões e 3,5 mil toneladas, um aumento na ordem de 68% em valor e 45% em volume.

 

Sobre a ABIMAPI

Uma das maiores associações alimentícias do Brasil, a ABIMAPI possui mais de 100 empresas que detêm mais de 80% do setor e geram mais de 100 mil empregos diretos. Como interlocutora junto ao governo, à mídia, pesquisadores e demais públicos, sua missão é fortalecer e consolidar as categorias de biscoito, massas, pão e bolo industrializados nos cenários nacional e internacional. Há mais de 20 anos, a ABIMAPI é responsável pelo programa ABIMAPI International em parceria com a ApexBrasil, para promover os produtos do setor no mercado externo. Conheça o canal para as conexões do setor com o mercado externo: https://international.abimapi.com.br/

 

Sobre a ApexBrasil

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. A Agência realiza ações diversificadas de promoção comercial, como missões prospectivas e comerciais, rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em grandes feiras internacionais, e visitas de compradores estrangeiros e formadores de opinião para conhecer a estrutura produtiva brasileira. Mais informações: www.apexbrasil.com.br

 

Imprensa

InPress Porter Novelli

Barbara Crivelaro

[email protected]

 

ABIMAPI - Mariana Ortiz

(11) 5188-6210

[email protected]  


 
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp