CIDADE NO AR Publicidade 728x90
09/09/2022 às 11h10min - Atualizada em 11/09/2022 às 00h00min

Influenciador aposta na política para dar voz aos animais em Brasília

Fabio Chaves, fundador do portal Vista-se, compõe o Mandato Animal do PV-SP ao lado da empresária Mônica Buava, sócia-fundadora do restaurante Pop Vegan Food

SALA DA NOTÍCIA Valle da Mídia
Ativista pelos animais e um dos mais conhecidos influenciadores veganos, Fabio Chaves, 40 anos, quer fazer ainda mais pelas causas que defende compondo um mandato coletivo na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF).

Para isso, se uniu à também ativista e empresária Mônica Buava, sócia-fundadora do restaurante Pop Vegan Food, no Mandato Animal, candidatura pelo Partido Verde de São Paulo ao cargo de deputado federal.

Com mais de 660 mil seguidores nas redes sociais pessoal e profissional (YouTube, Instagram, Facebook e Twitter), Fabio é reconhecido por cobrir as notícias sobre exploração animal e por apresentar os novos produtos 100% vegetais disponíveis no mercado brasileiro.

Mas o que muitos seguidores não sabem é que Fabio atua na defesa da proteção animal há 15 anos. "Nós somos ativistas e vamos continuar atuando pelos animais seja da forma que for. Alcançar um cargo na Câmara Federal será uma nova e poderosa ferramenta que a causa animal precisa. Temos que estar lá no Congresso Nacional para dar voz aos animais ", diz Fabio.

Focado na proteção de todas as espécies, indo além de cães e gatos, o Mandato Animal busca um mundo mais justo e sem exploração. Para isso, conta com um time de conselheiros (médicos, nutricionistas, chefs e ativistas) para debater as propostas a serem apresentadas.

Trajetória profissional

O influenciador idealizou e fundou o Vista-se em 2007. Com atualizações diárias e muito conteúdo, o site se tornou o maior portal vegano da América Latina. Em paralelo, Fabio sempre se manteve atento às contribuições que poderia trazer em busca de mudanças.

Em 2013, por exemplo, foi convidado para falar sobre veganismo e direitos animais na Câmara dos Deputados. No mesmo ano, foi entrevistado por grandes veículos da mídia no caso histórico que ficou conhecido como resgate dos “Beagles do Instituto Royal”, envolvendo cães vítimas de maus-tratos em testes para a indústria farmacêutica.

Ainda em 2013, conseguiu que o Shopping Iguatemi de São Paulo desistisse de dar coelhos de verdade como brindes na campanha da Páscoa. Já em 2015, depôs na CPI dos Maus-Tratos Contra Animais sobre o caso de uma empresa que explorava dromedários para transporte de turistas no Rio Grande do Norte.

Envolvido em grandes campanhas, ele foi um dos ativistas que ajudou na divulgação para que o santuário Terra dos Bichos conseguisse recursos para receber os porcos que sobreviveram a um acidente no Rodoanel, em São Paulo.

Dentro do ativismo, participou mais recentemente do resgate da ursa Rowena, que era explorada em um zoológico de Teresina, no Piauí, e da transferência dos ursos Verrú e Mizar, também trazidos do Nordeste, para uma vida tranquila em um santuário no interior de São Paulo.

Já na comunicação, além do portal próprio, Fabio foi colunista do R7 por três anos, levando conteúdo em favor dos animais para milhões de pessoas. Também lançou o livro Nenhum Animal Merece Ser Considerado Um Ingrediente, com crônicas e reflexões sobre a relação do ser humano com as outras espécies de animais.

Em 2018, foi palestrante do primeiro TEDxCampinas, evento reconhecido internacionalmente por espalhar boas ideias e, ao longo do trabalho de infoativista, ministrou palestras sobre direitos dos animais em instituições, como USP, UNICAMP, UNESP, e eventos como Vegfest e Encontro Nacional de Direitos Animais.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp