02/12/2021 às 11h09min - Atualizada em 03/12/2021 às 00h10min

São Paulo recebe, pela União das Cidades Capitais Ibero-americanas (UCCI), o título de Capital Verde Ibero-americana 2022

A candidatura foi apresentada pela Secretária Municipal de Relações Internacionais, Marta Suplicy, e aprovada durante a Assembleia Geral da organização, que aconteceu em Madri, nos dias 4 e 5 de novembro de 2021

SALA DA NOTÍCIA Fatima Robustelli

 A União das Cidades Capitais Ibero-americanas (UCCI) conferiu a São Paulo o título de Capital Verde Ibero-americana do ano de 2022. Representando a Prefeitura e o Prefeito Ricardo Nunes, a Secretária Municipal de Relações Internacionais, Marta Suplicy, apresentou a candidatura ao título durante a Assembleia Geral da organização, que aconteceu em Madri nos dias 4 e 5 de novembro de 2021.

O título reconhece os avanços de São Paulo rumo ao fortalecimento e a consolidação das áreas verdes e da biodiversidade urbana do município, e também, o avanço na direção de uma cidade cada vez mais sustentável e verde. A entrega do diploma se dará no ano de 2022.

A partir desse reconhecimento, a cidade desenvolverá, ao longo do próximo ano, seminários, encontros, ações e projetos que busquem fortalecer o debate da sustentabilidade entre as cidades ibero-americanas.

“A Prefeitura continua firme com o compromisso de cuidar da questão ambiental. Nós temos 48,18% da nossa área de cobertura vegetal, então podemos afirmar que São Paulo vem dando exemplo para o mundo e é por isso que agradecemos esse título e continuamos com a nossa missão”, diz o Prefeito Ricardo Nunes.

Marta Suplicy destaca a atuação da cidade de São Paulo no contexto das Relações Internacionais, observando que os diversos acordos de cooperação já firmados pela capital do Estado de São Paulo tem sido “pontes” para o desenvolvimento local.

Dentre projetos e parcerias internacionais que a cidade de São Paulo tem firmado nos últimos anos com redes internacionais, estão: Cidades e Governos Locais Unidos (CGLU), que Marta Suplicy presidiu, em 2004; Fundação Ellen MacArthur, que tem se debruçado na difusão de projetos voltados à Economia Circular, sendo que São Paulo tem sido considerada estratégica, ao lado de Nova York e Londres. A ONU, nas questões ambientais e habitacionais. Sobre a UCCI, fundamentou o porquê é uma “importante aliada”.

“A UCCI representa a UNIÃO dos povos ibero-americanos! Temos parceria sólida com esta rede, que nos possibilita realizar nosso Relatório Anual de Localização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que agora finalizamos a segunda etapa em cooperação com Buenos Aires e cidade do México”, explica a Secretária Municipal de Relações Internacionais.
Marta Suplicy disse que a Prefeitura de São Paulo acredita no “multilateralismo como canal para a inserção internacional da cidade de São Paulo”. O título de Capital Verde Ibero-americana foi estabelecido pela UCCI em 2005 e busca reconhecer a liderança de uma cidade ibero-americana no tema da sustentabilidade.

Dentre as razões para São Paulo ser reconhecida como Capital Verde, Marta Suplicy mencionou o Plano de Ação Climática, desenvolvido pela Prefeitura da capital paulista, aprovado pela rede de cidades C40, com mais de 43 ações definidas para reduzir as emissões de gases do efeito estufa até 2030 e, até 2050, zerar as emissões. “São Paulo tem o compromisso de renovar 20% da frota, de 14 mil veículos, para ônibus limpos, até 2024”, observou.


Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp