07/01/2022 às 17h48min - Atualizada em 08/01/2022 às 00h00min

Terceirização de serviços financeiros é estratégia de gestão para dedicar mais tempo para os negócios

Mão de obra especializada e uso de tecnologia são “armas” de pequenas e médias empresas

SALA DA NOTÍCIA AIs Comunicação e Estratégia Ltda
https://www.aiscomunicacao.com.br
João Tosin – Celero Consultoria Ltda.
Os efeitos da pandemia foram sentidos em praticamente todos os setores da economia, fazendo com que um número elevado de empresas tivesse que optar por novas alternativas de contratos e mesmo de visão empreendedora. Boa parte delas optou pela contratação de serviços terceirizados, uma opção que vem ganhando cada vez mais espaço, inclusive nas pequenas e médias empresas.

Segundo dados da Pesquisa Gestão de Pessoas na Crise COVID-19, conduzida pela Fundação Instituto de Administração (FIA), 56% das pequenas empresas sofreram impacto devido à pandemia e tiveram que rever as alternativas de contratação e vínculo de trabalho. Para esse segmento, a contratação de mão de obra terceirizada se tornou uma opção, tendo em vista a maior facilidade em contar com profissionais especializados sem a necessidade de investimento de tempo em treinamento. Para as pequenas e médias empresas, toda economia de tempo e dinheiro é valiosa, principalmente para que os empreendedores possam ampliar a visão para o atual momento de retomada.

A terceirização deixou de estar concentrada nos serviços de facilities (como os de portaria, limpeza e segurança), passando a fazer parte da realidade das áreas estratégicas das empresas. Exemplo disso é que a procura por terceirização da gestão financeira das empresas cresceu 358%, segundo um levantamento da plataforma oHub, entre o terceiro trimestre de 2019 e o de 2020.

A tendência é que o quadro se mantenha em alta, já que, durante o período de retomada, as empresas têm recorrido à terceirização para se estabilizar economicamente sem comprometer de forma considerável as suas finanças. E o uso de tecnologia é mais uma das vias para que o empreendedor mantenha suas operações com maior economia de tempo e dinheiro. “A terceirização é uma realidade, e o uso da tecnologia é uma condição para a manutenção e o crescimento dos negócios. Nesse campo, em que os empreendimentos possuem restrições de pessoal e de recursos, a tecnologia assume um papel importante ao fornecer mecanismos que auxiliam o empresário a administrar com mais eficiência e conquistar sucesso com seu negócio”, analisa João Tosin, CEO da Celero.

O crescimento desse tipo de contratação mostra um desejo de pequenos e médios empresários de otimizar a gestão e tornar mais ágeis e assertivas as decisões sobre a administração e condução financeira dos negócios. “A terceirização de alguns setores de uma empresa desafoga o gestor da área que, na maioria das vezes, é o próprio dono do negócio. Gastando menos tempo com atividades que podem ser delegadas desta forma, ele ganha tempo para redirecionar seus esforços na atividade principal, deixando ações automáticas e analíticas nas mãos de especialistas”, explica João Tosin.

A fintech de Curitiba é criadora de uma ferramenta inovadora de gestão financeira que automatiza processos operacionais e fornece condições para uma melhor execução da rotina financeira de pequenas e médias empresas. Com a chegada do internet banking a ferramenta facilita ainda mais a automatização de processos internos e administrativos da empresa. “A gestão ficou muito mais fácil. E a Celero também passou a atender segmentos que precisam aumentar a integração do meio digital e físico, principalmente, com a digitalização de grandes montantes de processos e documentos”, relata Tosin.

Ainda de acordo com o executivo da Celero, 95% das pequenas e médias empresas brasileiras não utilizam, ainda, ferramentas para gestão, mas principalmente, por desconhecimento.  A ferramenta disponibilizada pela fintech possibilita a emissão de cobranças e realização de pagamentos de forma descomplicada, trazendo benefícios que vão desde a melhor condição financeira do negócio, oferecendo subsídios para um planejamento eficaz e baseado em dados, artifícios para um planejamento de crescimento racional a curto, médio e longo prazo. “Uma gestão nesse nível permite mais que a manutenção da viabilidade, a sobrevivência do negócio: visualizar como está o financeiro da empresa é crucial para a ampliação do negócio e para aumentar os rendimentos do empresário”, diz Tosin.

Sobre a Celero
A Celero é uma empresa que ajuda pequenos e médios empreendedores a descomplicar a rotina do setor financeiro empresarial através de um software para gestão financeira fácil de usar. Sediada em Curitiba, é um dos expoentes do open finance, a evolução do open banking, sendo referência a pequenas e médias empresas com soluções que promovem integração e rapidez aos processos de gestão financeira.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp