CIDADE NO AR Publicidade 728x90
26/09/2022 às 17h00min - Atualizada em 27/09/2022 às 00h12min

Social commerce chega às cidades de Jundiaí e Várzea Paulista e oferece preços até 40% mais baixos nas compras de supermercado

Mais de 500 mil pessoas passam a ter a oportunidade de adquirir produtos com preços mais acessíveis por meio da Muni

SALA DA NOTÍCIA Redação
 

A Muni, startup colombiana e principal plataforma de social commerce da América Latina, acaba de chegar às cidades de Jundiaí e Várzea Paulista. Com isso, a população destes municípios, que juntos somam cerca de 550 mil habitantes, terão a oportunidade de adquirir produtos de supermercado de forma simples e acessível, com preços 40% mais baixos em relação aos praticados pelas grandes redes. Tudo isso com entregas realizadas em até 24 horas. 

 

Visando atender principalmente à população das classes C e D desbancarizada ou com acesso restrito ao mundo digital, a startup já beneficiou milhares de pessoas na Colômbia, México e no próprio Brasil, sendo que no país já atua desde 2020 na Grande São Paulo e em Indaiatuba.

 

De acordo com a CEO e fundadora da Muni, Maria Echeverri, a expansão é uma prova do sucesso do modelo de negócio da empresa no país. “Em menos de 48 horas após o anúncio da chegada nestas duas cidades em nossas redes sociais, já registramos centenas de cadastros para as posições de ‘Líder Muni’, que são os representantes comunitários responsáveis por revender os produtos diretamente à população. Aliás, esse é só o começo de um planejamento que queremos replicar em outras cidades”, diz. 

 

“Nos próximos meses, vamos ter um foco muito forte em continuar levando a nossa lógica de atuação para o máximo de localidades possíveis, com a certeza de que temos uma maneira de fazer negócios escalável e que agrega valor. Pela primeira vez, uma marca latino americana une conceitos que quase nunca são vistos funcionando juntos: tecnologia e comunidade. Através da figura do Líder Muni, uma rede virtual de compradores é construída, gerando renda extra para quem revende, economia e conforto para quem compra”, completa Echeverri.

 

Atualmente, a empresa conta com mais de 100 mil revendedores cadastrados em toda América Latina e já beneficiou milhares de pessoas. Ainda segundo a CEO da Muni, ao longo do movimento de expansão foram criadas estratégias diversas para os revendedores de cada lugar, justamente por conta das realidades diferentes deles. “Entendemos que é tremendamente ineficiente agir da mesma forma em todos os países, especialmente com a série de lições e boas práticas que aprendemos nesses anos. Com isso, o compartilhamento de experiências se tornou um grande aliado no nosso crescimento”, explica.

 

Produtos acessíveis

Segundo a Pesquisa de Hábitos de Consumo da Superdigital, o consumo nas classes C e D no Brasil subiu 2% em maio em relação a abril deste ano, sendo que os produtos de supermercado lideram os gastos, com um percentual de 36,9%. Dentro desse contexto, a startup aposta na ideia de levar a regiões periféricas produtos com preços inferiores aos dos supermercados convencionais. 

 

Para Thomas Endler, Head Comercial da Muni no Brasil, os valores mais acessíveis e a atuação inclusiva dos seus líderes comunitários são o principal guia para os primeiros passos da marca em Jundiaí e Várzea Paulista e nas próximas cidades que fazem parte do seu projeto de expansão no interior do estado. “Queremos mudar a realidade da economia digital dos países em que atuamos. No caso do Brasil, estamos conseguindo e vamos continuar impactando positivamente a vida de milhões de famílias que estão em uma classe social mais baixa, por meio da nossa plataforma que é capaz de gerar uma fonte de renda extra”, destaca.

 

Para se tornar um “Líder Muni” ou utilizar a plataforma para adquirir produtos de supermercado, basta acessar este link e conferir o passo a passo. 


 
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp