CIDADE NO AR Publicidade 728x90
10/01/2023 às 15h22min - Atualizada em 15/01/2023 às 00h00min

Principais tendências para 2023 no Instagram

Paulo Cuenca,co-founder e CMO da The Brain, Bee Social e Holding Supernova

SALA DA NOTÍCIA Marketing Agora
Divulgação

O ano de 2022 ficou marcado pela popularização dos vídeos estilo Tik Tok no Instagram – com investimento em reels, live, stories e vídeos no feed –, inclusive, vale destacar, a declaração do Adam Mosseri, um dos diretores da rede social, anunciando que o Instagram não é mais uma rede de compartilhamento de fotos. Depois da euforia das correntes nos últimos anos, impulsionado pela pandemia, as novas tendências apresentadas para o próximo ano prometem outro ritmo e um novo cenário para a rede social.  

O Instagram liberou a pesquisa anual de tendências "The 2023 Instagram Trend Report”, que reúne as principais questões que impulsionarão e moldarão a cultura da rede no novo ano. O ativismo social, o crescimento do nicho de alimentação e conteúdos sobre relacionamento (voltada para a temática amorosa) são alguns dos destaques. 

Para 2023, o mundo offline e as experiências fora das telas ganharão a preferência da audiência e prometem aumentar a conexão entre criadores de conteúdo e sua comunidade. Inclusive presencialmente, em reuniões e encontros. Com a consolidação da internet e das redes sociais como parte da vida das pessoas, mostrar a vida real, incluindo vulnerabilidades, é o grande diferencial para aumentar o engajamento no próximo ano, inclusive com novos formatos, já que 40% dos pesquisados afirmam o interesse em ouvir podcasts de seus creators favoritos. O que vai de encontro com outra tendência apresentada no relatório: o ativismo. As pessoas estarão mais dispostas a apoiar marcas que defendam causas que elas se identifiquem, inclusive de maneira financeira. 
 
Mas apesar da facilidade na conexão com sua rede, a concorrência será ainda mais acirrada no próximo ano. 64% dos usuários, principalmente da Geração Z, responderam que irão transformar seus projetos no Instagram em fonte de renda. O próximo ano vai separar quem é estrategista de conteúdo de verdade dos meros ´postadores´. Por isso, se profissionalizar e buscar atualização na área será ainda mais necessário.  

A temática de 2023 será a alimentação. Segundo o relatório, 68% das pessoas têm interesse pela comida de outros países. Pessoas que trabalham com gastronomia e nutrição, desde que usem bastante criatividade, conteúdo útil e entretenimento, poderão colher grandes frutos nesse nicho. E a herança do TikTok continua: os usuários permanecem gostando de ter experiências musicais enquanto navegam pelas redes. Da mesma forma que a gastronomia, sons de diferentes gêneros e países, como K-pop e música latina, estarão em alta em 2023. 

Também em alta, será a busca por "um chameguinho". Namorar e fazer novos contatos estão entre as preferências dos usuários para o próximo ano. Para isso, conteúdos de relacionamento, memes, astrologia e muitas mensagens poderão ajudar os solteiros de plantão a se conectarem com sua cara-metade. Vale pensar como o seu nicho pode ajudar nesse sentido. 

O próximo ano, herdando o impacto de períodos de distanciamento e desconexão, promete ser o ano das comunidades, onde a proximidade e as conexões reais terão alto valor no engajamento e construção de marca. Com mais vulnerabilidade, afirmação de crenças e posicionamentos e busca por identificação. Mais do que nunca, criadores de conteúdo e marcas precisarão construir comunidades sólidas - ou aprender, correndo, como fazê-la. 

O Relatório de Tendências de 2023 foi produzido em outubro de 2022, pela WGSN que realizou uma pesquisa com 1.200 usuários de mídia social da Geração Z com idades entre 16 e 24 anos nos Estados Unidos.


Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp