28/01/2019 às 17h55min - Atualizada em 28/01/2019 às 17h55min

Jean Wyllys

Guilherme Ângelo
Jean Wyllys, no auge da sua vaidade e paranoia quixotesca, enfrenta um moinho de vento que tornou-se o assustador dragão do “momento perigoso da democracia nacional”.

Talvez tenha sido ele que em eleição sofreu uma tentativa de assassinato e esteve entre a vida e a morte. 

O “exílio” é na verdade um cálculo político. sem nenhuma denúncia, nem investigação, o ex-BBB vai ficar lá fora (EM PAÍSES BEM CAPITALISTAS) difamando, distorcendo e prejudicando a imagem nacional. Sua assessoria de imprensa já tratou de distribuir pelos cinquenta tons de socialismo na imprensa mundo a fora a história de que o gay militante é um exilado político por conta da sua defesa pelas minorias que serão suprimidas em um governo fascista, antidemocrático, militarista e de exceção. 

Por que? 

A extrema-esquerda é simplesmente incapaz de lidar com o contraditório, com um governo que não seja o seu ou um irmão siamês que finja uma concorrência onde no final ambos se beneficiam. 

O esquerdista é aquele que vai defender a democracia, desde que o SEU GOVERNO esteja no poder. Vai defender a liberdade de expressão desde que as IDEIAS DELE sejam também as suas. 

Graças as tias/vós da máfia do wapp este ano eu não terei que pagar o salário deste ex-parlamentar que conheci pessoalmente e convivi com o mesmo em Brasília, arrogante, soberbo, intransigente e agressivo. 

Vá com Deus e fique em paz.
Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp