14/10/2019 às 17h10min - Atualizada em 14/10/2019 às 17h10min

Em uma mão o giz, na outra a baqueta

O que os professores fazem fora do colégio? Corrigem provas ou tocam bateria? Preparam aulas ou fazem pães?

COMMUNICA BRASIL
A figura do professor está quase sempre associada àquele profissional sério, que faz a chamada, ocupa-se em ensinar e promover aprendizagens, aplica e corrige provas. Mas, por trás desta figura estereotipada estabelecida no imaginário coletivo, escondem-se talentos inimagináveis para a comunidade escolar em geral.

Roney Lima do Nascimento, por exemplo, que faz parte do corpo docente da Escola Internacional de Alphaville (Barueri, São Paulo) há dez anos como professor de matemática, tem outra paixão além dos números e equações: a música. Roney é baterista profissional, já tocou em várias bandas e participou de eventos e shows. Segundo ele, quando não está dando aula ele se dedica à música; e quando não está fazendo música está imerso na matemática. “Em geral as duas também se comunicam, porque música e matemática tem uma correlação linda e muito interessante”, acrescenta.

Para o professor Thiago Silvério, que leciona Língua Portuguesa também na Escola Internacional de Alphaville, seu tempo livre é dedicado ao estudo de psicanálise e à escrita, principalmente de poemas – e também ao cuidado de seus três gatinhos.

Gabriella Rossi é uma referência para seus alunos na Escola Internacional de Alphaville como professora atenciosa e dedicada durante as aulas de música. Além do ensino do canto lírico, ela é reconhecida nacionalmente como soprano, tendo sido protagonista em diversas apresentações de óperas e ganhado prêmios em festivais no Brasil e no exterior.

Ainda no campo das artes, a professora Elaine Lavezzo, que dá aulas de teatro na Escola Internacional de Alphaville há quase duas décadas, possui como passatempo a literatura. Formada em Comunicação Social, ela trabalhou em revistas dedicadas ao surfe antes de atuar como professora, cobrindo campeonatos e conhecendo belíssimas paisagens pelo Brasil afora. Após esta experiência, Elaine entregou-se ao teatro e mudou o foco de sua escrita: de matérias radicais entre ondas e pranchas, decidiu focar na dramaturgia, tendo escrito mais de trinta peças teatrais, entre versões originais e adaptações, além de um romance, livros infantis e contos.

No Colégio Franciscano Pio XII (Morumbi, São Paulo), vários docentes têm hobbies curiosos, da culinária ao artesanato, passando pelo setor de beleza e o esporte. A professora Carolina Werneck dá aulas para Infantil II à tarde, e durante as manhãs e noites administra junto com o marido um salão de beleza para crianças e adultos. Sobre os alunos e pais que conhecem e frequentam o salão, ela diz que “encontrar a professora em um ambiente totalmente diferente é encantador para eles”. Aos finais de semana, o professor do Ensino Médio Willian Bala deixa de lado os livros de matemática para participar de corridas de rua, onde encontra até alunos e seus familiares. Para ele, o esporte mudou a sua saúde e melhorou sua disposição e animação, além de possibilitar conhecer novos amigos.
 
Encantada por trabalhos manuais, a professora do 1º ano Ana Paula Malaspina da Silva encontrou nos mosaicos e mandalas uma forma de extravasar emoções, relaxar e também presentear quem gosta. “O mosaico foi amor à primeira vista, aprendi assistindo vídeos, fui fazendo pequenos trabalhos e quando percebi o que havia começado com uma curiosidade se tornou um hobby”, diz ela. O professor Bruno dos Santos Silva, que leciona História e Tecnologia da Educação no Ensino Médio, possui um passatempo: além de ser um craque na cozinha, ele se dedica à fermentação caseira de pães uma vez por mês. Quando os alunos se interessam por esse hobby, ele aproveita a oportunidade para abordar o senso de coletividade envolvido no ato de cozinhar: “Em alguns casos consigo atrelar conversas sobre este tema com o conteúdo em si, então funciona bem para criar laços entre eles e a matéria”.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp