12/07/2023 às 14h46min - Atualizada em 13/07/2023 às 00h06min

Férias de julho: Psicóloga dá dicas para ampliar a segurança no trânsito e alerta sobre a importância da saúde mental na redução acidentes

Docente do curso de Psicologia da Unime Anhanguera explica como o excesso de confiança e outros fatores emocionais podem prejudicar quem está dirigindo

Deiwerson Damasceno
Divulgação

Com a proximidade das férias escolares no mês de julho, muitas famílias utilizam este momento para viagens e passeios, e existem muitos fatores que podem influenciar a condução de carros, motos e outros veículos nas estradas. De acordo com dados da Polícia Rodoviária Federal, neste período aumentam os acidentes devido à maior circulação de automóveis com muitos ocupantes. 

Um levantamento feito pela Organização Mundial da Saúde indicou que 90% dos acidentes de trânsito no Brasil são causados por fator humano. Ainda segundo o órgão, cerca de 40 mil brasileiros morrem todos os anos em desastres automobilísticos, transformando o tráfego do país no 5º mais violento do mundo. 

De acordo com a docente do curso de Psicologia da Faculdade Unime Anhanguera, Luciene Figueiredo, neste período, muitas pessoas se deslocam nas rodovias e é comum a ocorrência de inúmeras infrações e acidentes e, portanto, o cuidado com a saúde mental é essencial nesse período. 

“O trânsito é um ambiente ansiogênico, estressante e desafiador, com congestionamentos, pressa e comportamentos imprudentes. Essas situações podem afetar nossa saúde mental e bem-estar e, por consequência, gerar distrações. O estado emocional, a fadiga, está correlacionada com grande parte dos acidentes que ocorrem nas estradas, por esse motivo, quando o motorista está estável emocionalmente e psiquicamente a sua atenção concentrada e estará mais bem preservada para condução dos veículos e os estímulos que são necessários para uma direção preventiva e segura. Atento, esses pontos, os riscos de causar um acidente diminuem significativamente”, alerta. 

Ainda de acordo com os dados da Polícia Rodoviária Federal, a maioria dos acidentes nas rodovias são por excesso de velocidade, ultrapassagem imprudente, falta do cinto de segurança e capacete, e alcoolemia.

A psicóloga dá algumas dicas para ampliar a segurança no trânsito durante os deslocamentos no período de férias. Confira:

  • Planejamento e organização, ajuda a garantir que o motorista tenha distrações desnecessárias que fatalmente podem contribuir para a quebra do equilíbrio emocional necessário. Assim, antes de iniciar a viagem, é importante planejar o percurso, previsão do tempo de viagem para evitar “tirar” o atraso com excesso de velocidade, realizar revisões do veículo, certificar-se de estar descansado e evitar a fadiga ao volante com paradas regulares a cada duas horas ou 150-200 km;
     
  • Atenção e foco, onde o equilíbrio consiste em evitar distrações e, conciliar os múltiplos estímulos que o trânsito impõe, ter a parcimônia e não se tornar excessivamente obcecado ou ansioso com a condução, o que pode levar à tensão e ao estresse;
     
  • Autoconfiança e modéstia, uma vez que a autoconfiança pode ser suficiente para lidar com as situações emergentes na condução, mas sem se tornar excessivamente confiante e, desta forma, negligente;
     
  • Responsabilidade e respeito, implicando em seguir as leis de trânsito, respeitar os outros usuários da via e cuidar da segurança de si mesmo e dos demais; 
     
  • Consciência situacional e adaptabilidade, onde estar consciente do ambiente ao redor monitorando constantemente a estrada, os outros veículos e as condições da via. Além disso, a capacidade de se adaptar a diferentes situações de trânsito, como mudanças climáticas, congestionamentos ou imprevistos, é importante;
     
  • Planeje sua rota e saia com antecedência: Um dos principais fatores de estresse no trânsito é a sensação de estar atrasado. Planeje sua rota com antecedência, verificando as condições do tráfego e possíveis congestionamentos. Saia de casa com tempo suficiente para evitar a pressa e o estresse de última hora;
     
  • Mantenha a calma e evite comportamentos agressivos: Situações de trânsito podem ser frustrantes, mas é importante manter a calma e evitar comportamentos agressivos. Respire fundo, mantenha a paciência e evite xingamentos, buzinas excessivas e gestos obscenos. Lembre-se de que todos estão enfrentando o mesmo tráfego e é fundamental manter a segurança e o respeito no trânsito;
     
  • Evite distrações ao volante: A distração é um dos principais fatores de acidentes de trânsito. Ao dirigir, evite utilizar o celular, comer, maquiar-se ou qualquer outra atividade que desvie sua atenção da estrada. Concentre-se na direção, esteja atento aos sinais de trânsito e mantenha os olhos na pista;
     
  • Utilize técnicas de relaxamento: Se você sentir ansiedade ou estresse enquanto dirige, é útil praticar técnicas de relaxamento. Respire profundamente, conte até dez e libere a tensão muscular. Se possível, ouça música relaxante ou um podcast interessante para distrair a mente e criar uma atmosfera mais tranquila no veículo;
     
  • Faça pausas regulares: Se estiver em uma viagem longa, faça pausas regulares para descansar e alongar o corpo. Isso ajudará a aliviar a tensão acumulada e melhorar seu estado mental. Aproveite para tomar água, fazer um lanche leve e movimentar-se um pouco antes de continuar a jornada. 

Sobre a Anhanguera 

Fundada em 1994, a Anhanguera oferece educação de qualidade e conteúdo compatível com as necessidades do mercado de trabalho por meio de seus cursos de graduação, pós-graduação, cursos Livres, preparatórios, com destaque para o Intensivo OAB (Ordem dos Advogados do Brasil); profissionalizantes, nas mais diversas áreas de atuação; EJA (Educação de Jovens e Adultos) e técnicos, presenciais ou a distância, visando o conceito lifelong learning, no qual proporciona acesso à educação em todas as fases da jornada do aluno. São mais de 15 mil profissionais e professores entre especialistas, mestre e doutores.  

Além disso, a instituição presta inúmeros serviços à população por meio das Clínicas-Escola, na área de Saúde e Núcleos de Práticas Jurídicas. A Anhanguera tem em seu DNA a preocupação em compartilhar conhecimentos com toda a sociedade a fim de impactar positivamente as comunidades ao entorno das instituições de ensino. Para isso, conta com o envolvimento de seus alunos e colaboradores a partir de competências alinhadas às práticas de aprendizagem e que contribuem para o desenvolvimento do País.  


Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp