CIDADE NO AR Publicidade 728x90
14/05/2023 às 12h20min - Atualizada em 14/05/2023 às 11h32min

A ARTE DE SER MÃE

Aline Camargo

Aline Camargo

Especialista em Desenvolvimento Humano ​Te ajudo a destravar seus medos para lhe permitir realizar seus maiores sonhos!

A Arte de ser Mãe.

A história que ninguém contou e jamais contaria porque se o fizessem seriam severamente criticadas , julgadas, condenadas pela história idílica que preferem acreditar!  Filhos não nascem com manual de instruções, e nem mães. Todos estão aprendendo, mas o foco esta na pressão que essa " mãe " sente e vive na pele de precisar saber tudo, e acertar sempre.  No ato de ser mãe, não inclui ser mulher, ter vontades,  sentir desejo, sentir cansaço ou preguiça. Auto cuidado é quase um crime inafiançável . Ficar consigo mesma também foi vetado, afinal '' você é mãe, é sua obrigação.
Quantas coisas uma mãe a partir do momento que se torna uma, deixa de poder querer, porque querer também se tornou um crime, afinal  você é mãe! 

Não é de admirar, que é muito comum para muitas mães, ganharem peso extras após o nascimento dos filhos, sentirem compulsões alimentares, para amenizar a frustração de ter sido roubada de si mesma, e não ter uma ouvidoria onde ela possa reclamar seus direitos. Caso se atreva a faze-lo, novamente será severamente apedrejada por muitos se,não todos. É vida que segue, até que um dia,  ela desiste de tentar se resgatar para se reencontrar consigo mesma, e abandona internamente todas as suas aspirações e sonhos, canaliza para seu cúmplice ( o companheiro) a tarefa de ser grato e de reconhecer suas  dores e seu esforço, até que um dia, esse mesmo homem, cansa dessa mulher feia, chata e resmungona, que é cheia de não me toques, e que é sempre muito estressada, e fria sexualmente, ou exageradamente desejosa de afeto e expressões física ( vão rareando) pois o companheiro já não sente tesão e certamente " a culpa é da mãe " que não viu outra alternativa a não ser focar suas chances de sucesso progresso e futuro na ascensão dos filhos, afinal, ela abriu mão de tudo após a existência deles, e deseja um dia poder voltar a encontrar consigo mesma  e conquistar a  tão sonhada independência financeira.

E então, que a vida  costuma lhe golpear duplamente: Primeiro, quando o companheiro é cúmplice do seu crime ,'' ser mãe'', á trai e abandona, e segue sua vida feliz dando a outra toda a honra e direito que ela jamais teve,( ele aprendeu com o erros )  alerta de ironia).
E ela? Um cúrrículo apagado, um pires na mão, vai humilhada pedir esmolas ao judiciário, implorando a misericórdia daqueles que deveria fazer cumprir a lei. Vai receber uma fração daquilo que lhe cabia, e terá que aprender depois de se sentir derrotada como recomeçar. Mas e os filhos alecrins dourados?

Aqueles que ela desejou ver bem e que canalizou toda a sua energia de vida, e imaginou que um dia viria algum tipo minimo de reconhecimento? Estes, costumam admirar a mãe dos seus colegas, embatem frequentemente com essa mãe, culpam, acusam, e existe sempre uma mochila cuja o fundo se conecta a um profundo abismo que jamais pode ser preenchido, onde tudo que essa mãe fez e faz não é suficientemente bom. Essa mulher cometeu o maior crime de todos, esse crime, não tem fiança, e nem tem um lugar a não ser as profundezas do seus pensamentos noturnos de insônia crônica, pela frustração de nunca mais poder ser ela novamente . Afinal ela é mãe, o mundo espera que ela dê conta!  E para fechar: Nossa sua mãe não trabalhar? 

 Quem sabe as futuras mães, das próximas gerações, possam recompensar as mães do passado por meio da escolha de entender. Que mães não nascem mães elas se tornam! Que todos estão aprendendo juntos, e ela também vai falhar, da mesma forma que você falharia.

Hoje é um dia que mundo acredita ser dia de homenagear as mães, mas em todos esses anos e essas comemorações que a própria mãe vai precisar corresponder as expectativas de todos lavando, cozinhando, limpando e tirando 100 fotos por minutos para seus filhos se alegrarem em dizer: Minha rainha minha mãe..

Mas se essa mesma mulher for a uma academia dançar, e se recusar a servir neste dia, confie que vira crítica de vários lados e lugares inesperados! 

Querida mulhe.: Você se perdeu de s, eu torço por você para que um dia quem sabe, as futuras gerações  devolvam seu direito de existir e resgatar sua verdadeira essência e femilinidade  Mesmo sendo Mãe!

Aline Camargo
Link
Leia Também »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp