28/06/2019 às 08h39min - Atualizada em 28/06/2019 às 08h39min

Força-Tarefa da Prefeitura resulta na queda de infestação do Aedes no Jaçanã

Anderson Medeiros
Prefeitura de Tupã

Na busca por realizar ações mais efetivas no combate da epidemia de dengue e recuperar os espaços públicos, a Prefeitura de Tupã vem intensificando os serviços de roçadas, limpezas, recuperação da pavimentação asfáltica, nebulização e visitas casa a casa para a eliminação de focos do mosquito Aedes aegypti.

O trabalho integrado das secretarias municipais se inicia com a equipe da Agricultura e Meio Ambiente realizando as roçadas. Feito isso a Saúde com os agentes de Endemias efetua as ações casa a casa, eliminando os focos do mosquito da dengue e por fim a pasta de Planejamento, Obras e Trânsito executa a limpeza das bocas de lobo e a manutenção das caixas de contenção.

Nessa ação integrada a Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente realizou limpezas das calçadas e espaços públicos, dando maior suporte para a população da região Jaçanã.

A nova ação, que resultou na retirada de cerca de 3 caminhões com resíduos, complementa o trabalho realizado anteriormente no bairro, com a roçada de quase 8 mil metros quadrados de terreno.

O secretário de Agricultura e Meio Ambiente, José Rodrigues, o “Zé Vinagre” disse que o trabalho integrado ajudará a obter resultados mais efetivos no combate à dengue. “A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente participou dessa força-tarefa realizada no Jardim Jaçanã, quando realizamos a limpeza da calçada entre a Alameda Cardiff, passando pela rua Lourival Taralo até chegar à rua Dr. Severino Ferreira de Oliveira. Além de proporcionarem um ambiente mais agradável para a população, essa ação reforça as medidas que estão sendo adotadas para conter a epidemia da dengue”, explicou.

Já a Secretaria de Saúde, por meio dos agentes do Setor de Endemias, visitou nos dias 17 e 18 de junho cerca de 428 imóveis e encontrou 15 focos do Aedes aegypti, o que representa um índice de infestação de 3,5%. Já nas ações realizadas em 24 e 25 de junho a região apresentou apenas um foco, o que comprova a redução da infestação para apenas 0,35%.

Segundo o chefe do Setor de Endemias, Marcos Antônio de Barros muitas residências foram visitadas e o resultado das ações realizadas no bairro foi positivo. “Percorremos muitas residências, eliminando focos e efetuando a nebulização, o que já nos mostrou o efeito positivo, com a redução de cerca de 3,15% nos níveis de infestação”, explicou.

Já os serviços realizados pela secretaria municipal de Planejamento, Obras e Trânsito consistiram na manutenção de áreas públicas, com a realização de limpeza em 30 bocas de lobo, 13 poços de visita, além de limpeza e recuperação de caixa de contenção.

O titular da Pasta, Valentim César Bigeschi, destacou que trabalhos integrados ajudarão a evitar a proliferação do mosquito em áreas públicas ou de responsabilidade da prefeitura. “Constatamos que antes havia muitos focos em áreas públicas. Com as novas ações de combate à dengue estamos intensificando o trabalho de limpeza e manutenção nos espaços que são de responsabilidade da prefeitura. Essa ação integrada ajudará não só a combater a dengue, mas também a melhorar as condições de infraestrutura da cidade”, disse.        

Já o prefeito Caio Aoqui ressaltou que a integração das secretarias resultará na maior eficácia do combate à dengue e também proporcionará a melhoria da qualidade de vida da população. “Nosso objetivo é conter a epidemia de dengue, impedir o avanço da doença, cuidar da cidade e enaltecer o valor que o município possui. Através do trabalho árduo zelaremos pela saúde da população e pelo patrimônio público, beneficiando a todos com mais qualidade de vida”, finalizou.

Com a conclusão das ações no Jardim Jaçanã, a prefeitura está dando sequência aos trabalhos integrados na Vila Abarca. Cabe ressaltar que a colaboração dos moradores é essencial para a execução dos trabalhos e que, por meio de respaldo do Poder Judiciário, as equipes estão autorizadas a entrar e vistoriar os imóveis afim de eliminar os criadouros. Em caso de resistência do morador, a Polícia Militar é acionada para garantir a atuação dos funcionários.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp