15/02/2022 às 16h04min - Atualizada em 16/02/2022 às 00h00min

ABIOVE elege seu Conselho para 2022/2023

Associação representa 15 empresas produtoras de soja

SALA DA NOTÍCIA FSB/ABIOVE
ABIOVE
Em Assembleia Geral realizada na quinta (10/02), a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (ABIOVE) elegeu os membros do seu Conselho Diretor para o biênio 2002/2023. Blairo Maggi permanece à frente da presidência e Paulo Sousa (Cargill) segue como vice-presidente. A composição do Conselho da ABIOVE conta ainda com representantes de sete empresas associadas à entidade: ADM, Amaggi, Bunge, Cargill, CJ Selecta, Cofco e Louis Dreyfus.

Na ocasião foram aprovadas as prioridades para a ABIOVE atuar em 2022, as quais se relacionam aos seguintes temas: logística (rodoviária, ferroviária e hidroviária), desmatamento na cadeia da soja, biodiesel, tributação, riscos associados à originação e logística reversa.

Fundada em 1981, a ABIOVE representa 15 empresas produtoras de farelo, óleos vegetais e biodiesel, coopera na execução das políticas do setor, promove programas de sustentabilidade e gera estatísticas utilizadas em estudos setoriais. Entre as principais commodities de sua área de atuação estão soja, girassol, mamona e milho, culturas das quais se extraem óleos e gorduras utilizados no setor de alimentos e que são base para uma infinidade de produtos.

A soja é a oleaginosa mais produzida no Brasil e a mais importante cultura agrícola do país em valor de produção, abastecendo o mercado interno com grãos, óleo comestível e biodiesel, e também com o farelo utilizado na produção de suínos e aves. Além disso, contribui decisivamente para a balança comercial via exportação, respondendo por 50% do grão comercializado no mundo.
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp