CIDADE NO AR Publicidade 728x90
07/04/2022 às 17h27min - Atualizada em 11/04/2022 às 00h10min

Cinemas de rua são temas do podcast Rio Memórias

Segunda temporada do podcast Rio Memórias aborda "Rio Desaparecido"

SALA DA NOTÍCIA Ágata Cunha
https://lnk.bio/riomemorias
No dia que completou quatro anos sem Marielle, o Rio Memórias lançou o primeiro episódio da segunda temporada do podcast "Rio Desaparecido", que recria, a partir de arquivos sonoros e entrevistas com estudiosos e pesquisadores, a atmosfera de um Rio de Janeiro que hoje habita apenas na memória dos cariocas. 
 
No primeiro episódio, o jornalista Mário Magalhães, autor dos livros Sobre lutas e lágrimas: uma biografia de 2018 e Marighella: o guerrilheiro que incendiou o mundo, nos ajuda a compreender um período de quatro décadas, com quatro vidas interrompidas e muitos pontos em comum: o estudante Stuart Angel, o deputado Rubens Paiva, o ajudante de pedreiro Amarildo e a vereadora Marielle Franco. Diferente dos outros 5 episódios, o primeiro é uma homenagem às inúmeras vidas perdidas pela violência do Estado. A temporada terá seis episódios disponível no museu virtual sexta-feira, quinzenalmente, no site www.riomemorias.com.br
   
O morro do Castelo foi o tema do segundo episódio, que já está no ar, em que sons e lembranças recriam o cenário do berço do Rio de Janeiro que sumiu do mapa no início do século XX. Quem nos leva para a rotina em cima do morro é um casal de irmãos que nasceu e viveu por lá até 1921, além do escritor Alberto Mussa, autor da coleção Compêndio Mítico do Rio de Janeiro. 

No terceiro episódio, que estará disponível essa semana, o ouvinte vai viajar para um tempo em que o Rio respirava sétima arte e vai acompanhar a história dos cinemas de rua e das produtoras Cinédia e Atlântida. O episódio reconstrói o ambiente de salas fundamentais, como o Cine Ideal, o Paissandú e o circuito da Tijuca, na praça Saens Peña.
 
A incrível história do Palácio Monroe, erguido no início do século XX, na Cinelândia, como um marco imponente da arquitetura e do poder, é o tema do quarto episódio da série.
 
O quinto episódio propõe uma viagem sonora pela história de rádios importantes do Rio de Janeiro que não existem mais: a influência das telenovelas, o humor, o Repórter Esso, o futebol.
 
Finalizando a temporada, o sexto episódio apresenta um lugar que ainda existe fisicamente, mas andou esquecido pela população e pelo poder público até a segunda década do século XXI: o Cais do Valongo, maior porto de desembarque de africanos escravizados das Américas.
 
Os episódios estarão disponíveis no site do Rio Memórias e nos principais tocadores (Spotify, Deezer, Apple, Orelo, etc).
 
O podcast é uma das frentes do Rio Memórias, movimento de resgate e valorização da história e cultura do Rio de Janeiro que, desde 2019, busca aproximar os cariocas dos fatos, lugares, sons, personagens e movimentos que contam a história da cidade e compõem a sua identidade.
 
O Rio Memórias é patrocinado pelo Ministério do Turismo, Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura, pela Norsul e Kasznar Leonardos, por meio da Lei de Incentivo à Cultura e pelo Banco BTG Pactual, Adam Capital e Concremat, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura - Lei do ISS.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp