01/04/2021 às 20h36min - Atualizada em 01/04/2021 às 19h38min

Sessão Usina Jam encerra temporada 2021 neste final de semana com apresentação de nove artistas

Shows serão online, com transmissão ao vivo no YouTube, no sábado e domingo (03 e 04 de abril)

Patrícia Nascimento - cidadenoar.com
Divulgação

Inspirado nas clássicas Jam Sessions originadas nos anos 40 quando músicos de jazz e música latina se reuniam para tocar de forma improvisada, a Sessão Usina Jam acontece online em 2021. O evento, que mistura a música com as histórias dos artistas, tem o objetivo de oferecer visibilidade às produções e dividir suas trajetórias com o público.

 

“A ideia é juntar músicos que não estão acostumados a tocar juntos para uma performance única, onde a tarefa é interpretar em conjunto canções autorais e de outros artistas da RMC, permitindo-se ao improviso e a livre interpretação das músicas. O processo é conduzido por um narrador, responsável por mesclar as músicas com as histórias de cada autor na interação direta com eles e com o público (refletido na câmera)”, comenta Daniel Resende, curador e proponente do projeto.

 

O primeiro ciclo de shows aconteceu no mês de março. Agora, a Sessão Usina Jam encerra 2021 com três shows neste final de semana: No sábado, 03, às 16h, apresentam-se Nathalia Motta, Maurício Bortoloto e Daniel ETE. No domingo (04) é a vez de Andreia Preta, Doc Miranda e Israel Che também às 16h; Vanessa Oliveira, Marília Corrêa e Marcelo Modesto fecham o evento às 20h. A ação é viabilizada pela Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, através do ProAC Expresso Lei Aldir Blanc nº. 39/2020.

 

Serviço: Sessão Usina Jam

Sábado, 03 de abril, às 16h: Nathalia Motta, Maurício Bortoloto e Daniel ETE

Domingo, 04 de abril, às 16h: Andreia Preta, Doc Miranda e Israel Che

Domingo, 04 de abril, às 20h: Vanessa Oliveira, Marília Corrêa e Marcelo Modesto

Transmissão Ao Vivo: Hocus Pocus Produtora no YouTube

Evento online e gratuito



 

---


Sobre os Artistas

 

Nathalia Motta: Musicista autodidata, Nathalia estudou guitarra e bateria em cursos livres de música. Professora de música desde 2008 na Escola "Só Música" em Americana, participa de bandas como Can't Stand It e Derrota, além do projeto em parceria com Samara Bueno (ex-The Voice), o "Lion Duo". Em sua trajetória, Nathalia também foi baterista na banda Travelling Wave de Piracicaba-SP, com turnê no Chile e Argentina, guitarrista nas bandas, Stop Four (SKA), Bojo77 (tributo punk 77) essas nas quais abrimos shows para CJ Ramone, Marky Ramone, GBH, Ratos de Porão, The Vibrators, US Bombs, The Skatalites, The Spankers, The Slackers, entre tantos outros nomes legais na música.

 

Maurício Bortoloto: Guitarrista, cantor, compositor e produtor musical, começou a carreira tocando violão aos dez anos em aulas com o pai; iniciou a atuação como guitarrista na adolescência em bandas como Saviorz e Maestrick da cena heavy metal de São José do Rio Preto/SP (com as quais gravou um disco cada); participou ainda do Choose your Fate (2007) e Unpuzzle! (2011). Em 2010 mudou-se para Campinas para estudar Música Popular na Unicamp. 

 

Daniel ETE: Envolvido com produção de música underground desde o final dos anos 80, tanto como organizador de shows,artista gráfico ,proprietário de loja de discos e músico. Como músico fez parte das bandas Víscera (1987-1990), Muzzarelas (1991-2019), Orestes Prezza (1999) , Drakula (desde 2006) , Desenmascarado (2011-2017) e mais recentemente no Bong Brigade que iniciou as atividades em 2019.  Fez shows por quase todos os estados do Brasil e também na Argentina e teve seus discos lançados e distribuídos em diversos países como Portugal, Japão, Argentina, Alemanha, Espanha e EUA.

 

Andreia Preta: Campineira, cantora, compositora, produtora cultural, lançou o seu primeiro disco autoral “Doce de Salgar” em 2016 pelo Ficc. Artista atuante na cultura popular, este ano completa 21 anos de carreira artística. Foi vice-presidenta do Fórum Permanente de Cultura de Campinas e conselheira de Cultura suplente no penúltimo mandato e agora no atual, na setorial de Culturas Populares e Tradicionais.

 

Doc Miranda: Doc Miranda, músico e fundador da Reggae Spirit. A banda começou a se formar em 1987, na TABA (movimento pró-moradia da Unicamp). Foi a primeira banda de Reggae do interior do estado de São Paulo e tem mais de 30 anos de estrada.

 

Israel Che: Um dos músicos mais versáteis de Campinas Che também é compositor, produtor musical, professor de música e desenhista. Já atuou em diversas bandas na cidade, mais recentemente lançou A Forja, trabalho autoral encabeçado pelo artista.  

 

Vanessa Oliveira: Cantora, compositora e produtora nascida em Recife, dividiu palcos com nomes como Naná Vasconcelos, Spok Frevo Orquestra, André Rio, Elba Ramalho e Alceu Valença. Com um álbum solo lançado, “O Outro Lado da História” (2010), prepara para o segundo semestre de 2021 um novo single. Atualmente é integrante da equipe que realiza o Sarau As Mina Tudo (São Paulo/SP), festival  que valoriza o protagonismo das mulheres na arte.

 

Marília Corrêa: Cantora, compositora, intérprete, violonista e percussionista é uma sobrevivente cultural da cidade de Campinas-SP e dona de um timbre de voz único e marcante que vem conquistando o público por onde passa com apresentações calorosas de um trabalho autoral que vem crescendo e se fortalecendo na cena independente da cidade e região. Além de letras fortes com conteúdo crítico social, Marília narra também situações do cotidiano com muita propriedade despertando em seu público sentimento de muita emoção.


Marcelo Modesto: Músico e produtor musical com 25 anos de experiência. Já trabalhou ao lado de artistas renomados e projetos solos. Entre eles , Chitãozinho e Xororó , Sandy, Bruno e Marrone, Roberto Menescal, entre outros. Participações em DVDs de Marília Mendonça, Bruno e Marrone, Chex, Kleo Dibah e Rafael entre outros. É também proprietário do What Folk Estúdio.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp